Poemas Invisíveis

O MAL DA TIMIDEZ

Queria ser um anjo
Para lhe proteger e ficar te admirando

Queria ser seus pensamentos
Para ficar na sua cabeça curtindo te curtindo a todos os momentos

Queria ser a sua lembrança
Para ser sempre a sua esperança

Queria ser sua mão
Para tocar o seu corpo sentir o pulsar do seu coração

Queria ser sua cama
Para lhe confortar e quando você descansa

Queria ser os herói dos seus sonhos
Para lhe proteger dos pesadelos mais medonhos

Queria de ser a sua calma
Para aliviar a sua alma

Queria ser a sua saudade
Para ser a lembrança da sua felicidade

Queria ser tanta coisa e nada fui
E você se foi

E você faz tanta falta
Essa distância me tira a calma

Você faz tanta falta
Sua partida atormenta a minha alma

E nada aconteceu
E todo sonho se desfez
Tudo se perdeu
Mais uma vez
De novo venceu
O mal da minha timidez!

M.junio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s